fbpx

Vitória derrota o Grêmio por 2 a 1 em Porto Alegre e respira na tabela

 

vitoria e gremio

No domingo (26), o Leão recebe a Ponte Preta no Barradão

O Vitória venceu o Grêmio por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (23) com gols de Kieza e Diego Renan, indo para 12 pontos e subindo para 14ª posição, dando uma respirada na tabela. O centroavante abriu o placar de cabeça e pouco depois Diego Renan, cobrando pênalti, aumentou. O Grêmio diminuiu no segundo tempo, mas não foi suficiente para evitar que o Vitória quebrasse um tabu de 34 anos sem vencer em Porto Alegre. No domingo (26), o Leão recebe a Ponte Preta no Barradão.

O Leão teve um ótimo primeiro tempo. Com três zagueiros em campo, o time entrou mais seguro, dando mais liberdade aos laterais, e conseguiu desde o início segurar o Grêmio. Ao mesmo tempo, chegava com perigo em ataques rápidos.

O Vitória levava perigo. Diego Renan tocou para Tiago Real, que chutou para fora da entrada da área. Pouco depois, no entanto, o Leão conseguiu abrir o placar. Diego Renan cruzou na cabeça de Kieza, que mandou a bola para as redes de Marcelo Grohe, deixando o rubro-negro na frente. Cinco minutos depois, a situação ficou ainda melhor para o Vitória. O árbitro marcou pênalti de Bressan, que acabou sendo expulso. Diego Renan cobrou e ampliou a vantagem rubro-negra.

Com um a mais em campo e 2 a 0 no placar, o Vitória agora estava mais confortável na partida. Aos 39, Amaral tocou para Dagoberto, que teve chance de aumentar, mas Grohe conseguiu defender em dois tempos. Kieza teve nova chance em contra-ataque aos 31, mas Grohe fez nova defesa.

No segundo tempo, o Grêmio conseguiu diminuir aos 10 minutos. Edílson cruzou pela direita, Fernando Miguel tentou afastar de soco e a bola bateu em Victor Ramos e foi para as redes. O Vitória teve chance de responder rápido, mas Dagoberto invadiu a área e chutou cruzado para fora, perdendo grande chance de marcar o terceiro. No minuto seguinte, a chance foi de Euller, mas Grohe conseguiu fazer a defesa.

O Grêmio tentava chegar ao empate. Aos 13, Luan cobrou falta e Marcelo Oliveira cabeceou e quase faz o segundo. O jogo seguia intenso e com os dois times perdendo gols. Já no final da partida, o artilheiro gremista Luan recebeu uma boa bola na frente, arrancou e velocidade e na cara de Fernando Miguel chutou para fora.