Seleção de Coité vence Quijingue e classifica-se para semifinais do Intermunicipal.

2º gol da seleção de Coité- Foto Raimundo Mascarenhas

A seleção de Conceição do Coité segue firme e confiante na disputa de mais um Campeonato Intermunicipal e busca o quinto troféu da competição promovida pela Federação Bahiana de Futebol – FBF. Na tarde deste sábado, 09, o selecionado coiteense venceu a seleção de Quijingue de virada por 3 a 1 e agora está entre as quatro melhores.

O Jogo

Primeiro tempo – A partida começou pontualmente ás 15h numa tarde de sol forte e as duas equipes entraram certas de que uma vitória simples sobre adversária estaria com vaga garantida nas semifinais do Intermunicipal. E assim o jogo começou, bastante corrido e as duas equipes procurando o gol e quem saiu na frente foi Quijingue aos 9 minutos de jogo. Robinho cobrou falta pela esquerda e mandou na área, a bola passou por toda defesa coiteense e resvalou em Cassinho camisa 11 e tirou o goleiro Ravelli da jogada. 1 a 0 para a seleção quijinguense na primeira vez que chegou ao gol coiteense.

Gol da seleção de Quijingue

 

Um gol tão cedo deixou a torcida coiteense preocupada, pois, a seleção de Quijingue vinha fazendo um grande campeonato e não se retraiu, continuou em busca de ampliar o placar e teve chances para isto pelo menos duas vezes quando os seus atacantes saíram de cara com o gol e desperdiçaram, Coité até que esteve mais tempo com a bola, mas não conseguiu chegar com tanto perigo ao gol de Elielson.

O gol da virada deu mais empolgação ao selecionado coiteense e por outro lado deixou os quijinguenses mais desanimados e a ducha fria mesmo veio aos 30 quando o árbitro marcou uma penalidade a favor de Coité depois que a bola tocou na mão do zagueiro. Balotelli cobrou bem aos 31 e ampliou o marcador.

A partir do terceiro a seleção coiteense embora em alguns momentos tivesse buscado o quarto terminou mesmo com a vitória de 3 a 1 e agora é a segunda seleção que mais pontuou o que credencia a decidir a vaga para a grande final em casa.

A revolta da torcida foi, segundo ela, porque o árbitro prejudicou Quijingue “quando deixou de marcar um pênalti claro em Robinho”, quando vencia por 1 a 0, que a todo instante parou o jogo prejudicando a equipe. Enfim, a reclamação foi unânime na torcida quijinguense que avaliou como uma arbitragem tendenciosa que culminou na eliminação da equipe.

Os outros resultados deste sábado foram; Itapetinga 3 x 1 Madre de Deus – Madre de Deus 0 x 5 no jogo de ida Itamaraju 4 x 0 Saubara – Saubara 1 x 0 Itamaraju no jogo de ida Santo Amaro 2 x 0 Porto Seguro – Porto Seguro 0 x 0 Santo Amaro no jogo de ida.

 

Itapetinga (1º) – Itamarajú (2ª) Coité(3º) –Santo Amaro(4º)