fbpx

Quem Somos

QUEM SOMOS

 

A Nossa historia de Jornalismo começa com a nossa pequena participação no Jornal “O COITEENSE”  fundado por Roberto Lopes na função de “Chargista” ou desenhista. Pouco tempo depois fundou o Jornal TRIBUNA COITEENSE, associado com Welington Carneiro (Lêlê) falecido,  Wilson Carneiro (Professor Iça), Vanilson Oliveira (Historiador) com o qual tive alguns desafetos por causa de um gravador que tomei emprestado que usava para gravar entrevistas. Em uma das correrias para entrevistas de políticos o gravador caiu e espatifou-se no chão. Vanilson queria aquele gravador de volta, então me processou nas pequenas causas, fui condenado pelo Juiz Gerivaldo Neiva a pagar a quantia de 250,00 (duzentos e cinquenta reais) o gravador na época valia 50 reais. Alguns meses se passaram e não pude pagar a divida, então para minha surpresa o Dr. Gerivaldo mandou um oficial de justiça me prender, fui algemado dentro da minha casa e minha esposa Graciquele chorando sem acreditar no que estava acontecendo. Passei algumas horas preso onde dividi a cela com uma moça que tinha matado seu marido a facadas, foram momentos tensos, com um enorme sentimento de revolta, mas aproveitei para entrevista-las a moça.. Nas poucas horas, alguns amigos vieram me visitar na delegacia, por ultimo o advogado Cléber Couto com um alvará de soltura. Claro não tinha como continuar no TRIBUNA COITEENSE, pouco tempo depois fechou. foi acusado por políticos de  publicar pesquisas sem autorização da Justiça.

 Confesso que a prisão me deixou mais motivado para continuar com o jornalismo em Conceição do Coité, tanto que no dia 29 de julho de 1996, fundei a empresa Editora Coiteense, com a finalidade de publicar livros, revistas e jornais. Lutou junto as instituições financeiras financiamento para conseguir máquinas gráficas, teve o apoio até do então presidente FHC, determinando a um agente do Banco do Nordeste em Feira que realizasse a operação. Mas, esbarrou com uma tremenda burocracia e não conseguiu. Depois conseguiu apenas um financiamento junto ao Banco do Brasil de Coité, um computador e uma máquina de Xérox, para imprimir no tamanho A4 o JORNAL COITEENSE.

 No dia 20 de novembro de 1999 na edição de n. 60, aumentou o tamanho do Jornal para tablóide e imprimir em uma gráfica através do Jornal do Sudoeste da cidade de Brumado- Bahia.

 Incentivado pela Jornalista Neyre Matos, o Sr. Mário Ferreira da Silva inspirado na frase “O SERTANEJO É, ANTES DE TUDO, UM FORTE” do escritor Euclides da Cunha, que se tornou famoso com a publicação do livro Os Sertões , em 1902, sentindo a necessidade de expandir a sua circulação para a região sisaleira, mudou o nome no jornal para O SERTÃO, em 31 de agosto de 2001 dando continuidade na numeração das edições publicadas do Jornal Coiteense, registrei a patente do Jornal na empresa SILVA & FIQUEREDO em Salvador.

Com a empresa foi possível celebrar alguns contratos com a prefeitura de Coité e a câmara municipal, tinha sonhos de comprar máquinas gráficas para imprimir o jornal, mas os preços eram muito caros e não compensava e virtude dos gastos com a distribuição do jornal e gastos com o pessoal que ajudava na distribuição.

Circulação do Jornal impresso O SERTÃO no Interior da Bahia- Região do Sisal: Feira de Santana, Santa Barbara, Tanquinho, Candeal, Riachão do Jacuipe, Chapada de Riachão, Barreiros de Riachão, Pé de Serra, Ichú, Barrocas, Serrinha, Conceição do Coité(Distritos – Salgadália, Bandiaçu, Joazeirinho, Aroeira, S.João), Retirolândia, Valente, São Domingos, Santa Luz, Queimadas, Nordestina, Cansanção, Monte Santo, Euclides da Cunha, Quijingue, Tucano, Caldas do Jorro, Ribeira do Pombal, Aracy, Teofilandia. Capela do Alto Alegre, Nova Fátima, Gavião,Capim Grosso,Filadélfia, Ponto Novo, Senhor do Bonfim e Campo Formoso.

Para divulgar o Jornal impresso fundei o site www.osertao.com.br  no ano de 2004, registrado na empresa de domínios de sites brasileiros Registro BR, depois perdi o registro e outra pessoa tomou, Fui para a emprese de hospedagens de sites  KING HOST e registrei mais dois dominios:  www.jsertao.com e www.osertao.com que permanece ativo até os dias de hoje. 

A partir do ano de 2018 as coisas começaram a ficar difíceis para o jornal impresso, com o encerramento do contrato com o deputado TOM ARAÚJO, como já não tinha mais contratos com prefeituras, resolvi parar a continuação do jornal impresso O SERTÃO. tempo em que muitos outros jornais do interior da Bahia deixaram de circular.

Com o avanço das novas tecnologias, principalmente na comunicação com a chegada de celulares modernos e smartfones, as redes sociais ganharam voz e estão concorrendo com as grandes redes de Tvs.

Nos dias de hoje (atualizado em 10 de janeiro de 2023), depois de 27 anos ente altos e baixos,  vamos empurrando com a barriga sempre na esperava e encontrar dias melhores, estamos acompanhado o movimento nas redes sociais, apesar das ameaças de censura das plataformas acionados pela justiça empreendendo uma forma de ditadura mantemos o nosso site e canais nas redes sociais.

ttps://www.instagram.com/mariosilvadosertao/

Jornal O Sertão

Jornal O Sertão, Conceição do Coité, BA, Brazil. 2,287 likes · 6 talking about this. Jornal O SERTÃO

JavaScript is not available.

No Description

JavaScript is not available.

No Description

O SERTÃO

No Description

Log in or sign up to view

See posts, photos and more on Facebook.

Log in or sign up to view

See posts, photos and more on Facebook.


https://www.instagram.com/mariodosertao

Sua sede está localizada na Rua João Mateus de Souza, n. 88 em Conceição do Coité, CEP. 48.730.000, .

Celular WhatsApp  75 9 9120 5477

Endereço Eletrônico E-mail: osertao@gmail.com