Prefeito Assis totalmente descontrolado chama a imprensa de Coité de Lixo

O gestor foi entrevistado pelo jornalista Paulo Marcos em redes sociais na noite de segunda-feira,16 quando tratou de assuntos diversos

A entrevista estava cercada de expectativa e teve mais de 3 mi visualizações e a primeira pergunta do entrevistador foi relacionada ao comportamento do gestor a partir de agora, se terá uma posição de quem perdeu as eleições no Brasil em 2014 e ficou ‘tocando fogo’ no País, no caso de Aécio Neves, a posição do ‘campeão’ que perdeu as eleições de 2016 em Coité e tocou fogo no Fórum e que espalhou ódio e terror durante os 4 anos, a posição de Trup nos Estados Unidos, enfim, qual será a definição que teremos do prefeito Assis sobre os resultados das eleições?

O gestor inicia com agradecimentos a militância, os mais de 20 mil votos dados a Danilo e Rozana, que não foi o resultado esperado, “mas se essa foi a decisão do povo, não importa por qual motivo essa derrota se deu, a gente aceita, acolhe o resultado e vida que segue. Nós vamos procurar concluir nosso mandato com dignidade”, afirmou o prefeito que em seguida parabenizou os 9 vereadores eleitos pela coligação.

O prefeito iniciou fazendo questionamento  a Lei eleitoral relacionado a questão de gênero, quando a legislação diz que tem que ter candidatura de mulher com o percentual de 30% e ter candidatas e um partido lançar candidatas com zero voto que segundo ele, não faz sentido uma candidata não votar nela mesma o que ele acha ser ilegal e caberia a Justiça anular toda coligação por não ter cumprindo o requisito minimo.” As vezes a justiça, ela própria não cumpre a lei” afirmou.

Quando o jornalista tratou de Fake News o prefeito fez duríssimas criticas a imprensa local a iniciar pela Radio Sisal que pertence a família de Marcelo Araújo segundo ele passou 8 anos mentindo a seu respeito e que nem informou quem foi eleito prefeito em 2012 e 2016, criticou todos apresentadores os classificando de pseudos jornalistas, puxas saco de patrão (…). Aproveitou o ‘gancho’ para dizer que não gastou o dinheiro do povo de Coité “com esse lixo que produz as notícias do município como a Rádio Sisal, Rádio Vitória FM, Tá na Rua, Estúdio8, esses idiotas não recebeu dinheiro publico (…). Passaram 8 anos me xingando porque não demos dinheiro pra eles”, afirmou o prefeito que durante a entrevista poupou o Calila Notícias, mas que também foi condenado por ele recentemente quando foi publicado uma reportagem com o titulo: MPE pede a prisão do prefeito Assis e o candidato Danilo apoiado por ele.

O gestor gravou um vídeo classificando a informação como um todo ‘Fake News’ a Sentença da Justiça foi publicada, porém não havia informação de quem fez o pedido de prisão, como existia na sentença requerente Ministério Público estadual, o MPE foi para o título da noticia até a manhã do dia seguinte quando a própria Justiça justificou que havia sido um pedido de prisão por parte da Coligação de Marcelo e a correção foi feita.

No entendimento do Calila não houve Fake News, a informação ocorreu, mas ficou uma dúvida no ato da publicação de quem fez o pedido entre o MPE ou juiz, porém no texto a magistrado não acatou o pedido de prião, restou colocar o MPE, já que não havia nenhuma citação sobre a coligação Coité Quer Mais. Por outro lado não houve má fé por parte de nossa redação, ao contrario de quem promove Fake News.