Micareta de Feira 2020 é adiada por tempo indeterminado, confirma prefeito Colbert Martins

A Micareta de Feira de Santana 2020 foi adiada por tempo indeterminado por conta do risco de contaminação do Covid-19. O anúncio foi feito pelo prefeito Colbert Martins Filho em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (13), no auditório da Secretaria Municipal de Saúde.

O anúncio foi feito pelo prefeito Colbert Martins Filho em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (13), no auditório da Secretaria Municipal de Saúde.

O promotor de Justiça Audo Rodrigues estava presente na coletiva, além de outras autoridades, e leu o decreto que adia a festa que seria realizada de 23 a 26 de abril em sua 83ª (octagésima terceira) edição. A cidade já tem três casos da doença confirmados. Em seguida o prefeito fez seu pronunciamento sobre a decisão.

“Estamos decretando uma situação excepcional em Feira de Santana com relação aos eventos festivos na cidade e eventos de massa. Faltam 40 dias para a Micareta e estamos adiando a Micareta. Estamos tratando de transmissão de vírus em eventos. É um decreto emergencial que afetará nossa cidade em todos os segmentos (…) Várias unidades estão suspendendo cirurgias eletivas”, declarou o prefeito na coletiva afirmando que não só a Micareta, mas outros eventos com grandes agloremações serão adiados ou cancelados.

21 eventos marcados até junho

O Secretário de Cultura, Esporte e Lazer Edson Borges disse ao Acorda Cidade que a decisão do prefeito não surpreendeu e que o decreto cancela o apoio da prefeitura em vários eventos. Segundo ele, 21 eventos de hoje até o mês de junho não receberão apoio da prefeitura, conforme determina o decreto do prefeito.

“O governo municipal já vinha discutindo essa situação (adiamento) já há algum tempo. Não é de agora. O prefeito é médico, é professor de epidemiologia, uma pessoa que entende muito do assunto e soube no momento certo tomar a decisão. É bom frisar o seguinte: não é só a Micareta. Estou aqui com a relação de 21 eventos de massa, eventos públicos, até o mês de junho, destes 21 eventos apenas dois são da prefeitura, a Micareta e eventos esportivos, os demais são eventos que a prefeitura dá apoio. Pelo decreto do prefeito, qualquer tipo de apoio a eventos que resultem aglomeração, até nova decisão do prefeito, que tenham apoio da Secretaria de Cultura Esporte e Lazer não terão mais esse apoio” afirmou o secretário.

Sobre os eventos privados (shows, casamentos, aniversários, formaturas), a prefeitura não pode intervir, mas que o recomendado é evitar qualquer evento com grande aglomeração. (Saiba mais aqui)

Ministério Público

Representante do Ministério Público da Bahia, o promotor Audo Rodrigues, que determinou que a prefeitura e o estado elaborassem um parecer técnico sobre os riscos de transmissão do Coronavírus na Micareta de Feira, informou que a decisão do prefeito ocorreu com um desenrolar dos fatos que culminaram com uma expectativa criada dentro de uma possibilidade de se adequar a uma situação complexa.