fbpx

Logo após receber alta, Bolsonaro reclama de quem “Faz ativismo contra o Voto Auditável”

 

O Presidente Jair Bolsonaro, que recebeu alta neste domingo (18), após uma internação de quatro dias no Hospital Vila Nova Star, voltou a defender o voto impresso auditável.

O Presidente questionou a motivação daqueles que fazem a campanha contra a implementação do sistema auditável, como é o caso do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Barroso

“Olha a má fé de algumas autoridades…dizer que a volta do voto em papel é retrocesso…É mentira quem faz isso! É falta de caráter isso! Por coincidência quem faz o maior ativismo contra o voto auditável é o ministro Barroso, presidente do TSE” disse Bolsonaro.

E apontou que a implementação do sistema traria mais segurança ao processo eleitoral, que é uma busca constante em todos os setores.

“Não entendo porque não querem o voto auditável. Será que esse voto eletrônico é usado em todo mundo? É tão confiável assim? Tenho certeza que a maioria de vocês não acredita no voto que está ai. As coisas evoluem. É igual a banco. Eles buscam maneiras de evitar que Hackers e bandidos entrem no sistema” Apontou Bolsonaro.