Governo federal libera trecho de duplicação da BR-116 entre Feira de Santana e Santa Bárbara

 

O Governo Federal, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), liberou nesta sexta-feira (12) o trecho duplicado da BR-116 em de Feira que segue até Santa Bárbara. O próximo trecho a ser liberado será o de Serrinha.

Conforme informou o ministro Tarcísio Gomes Freitas, a conclusão da obra ocorre seis meses após o primeiro trecho ser liberado. Só neste ano já foram entregues 161 km de pista nova no estado e em abril mais 26 km serão duplicados na BR-101.

“Estivemos em outubro na Bahia entregando os primeiros nove quilômetros e agora tivemos a oportunidade de entregar mais 16 km de pista duplicada. Então, essa duplicação já está chegando até Santa Bárbara e irá até Serrinha, na sequência. A  BR-116 é fundamental para o estado da Bahia e é uma obra muito importante porque é uma rodovia de integração nacional. É uma rodovia que interioriza a logística e isto ficará muito melhor agora com essa obra. Com essa entrega estamos chegando a 161 km de pista entregue em 2021 só na Bahia. Vamos continuar trabalhando e na sequência, até abril vamos entregar mais 26 km de pista duplicada na BR-101. A gente vai chegar então a 187 km de entrega de novas rodovias, novos pavimentos no estado da Bahia” informou o ministro em vídeo divulgado em suas redes sociais.

Conforme explicou o Dnit, “a duplicação da rodovia trará ainda benefícios como o escoamento de diversos insumos para o nordeste brasileiro e a redução do tempo de viagens. Quando concluída, evitará o acúmulo de veículos na região da zona urbana de Feira de Santana, dando vazão ao tráfego intenso ocasionado pelo elevado número de veículos. A BR-116 é uma das principais rodovias brasileiras. Inicia em Fortaleza, no Ceará, e termina na cidade de Jaguarão, no Rio Grande do Sul, próximo à fronteira com o Uruguai.”

O presidente Jair Messias Bolsonaro estaria em Feira de Santana para acompanhar a liberação do trecho da rodovia, mas precisou desmarcar a visita.