Eunápolis Conquista título inédito do Intermunicipal

Márcio Greyck levantou o troféu do intermunicipal pela sétima vez.

Eunápolis empata com Euclides da Cunha e conquista titulo inédito do Intermunicipal

Seleção do Extremo Sul da Bahia havia feito muito bem o dever de casa no jogo de ida quando venceu por 5 a 0.

O campeonato Intermunicipal conheceu neste domingo (10) mais um campeão inédito. Desta vez, o grito de “é campeão!” é da Seleção de Eunápolis. A seleção do extremo sul praticamente colocou a mão na taça no jogo de ida, quando recebeu Euclides da Cunha e aplicou uma goleada de 5 a 0.

A missão da seleção euclidense passou a ser quase que impossível. Ou devolveria o mesmo placar com 5 gols de diferença para tentar conquistar o também inédito titulo ou faria seis gols de vantagem.

Mas a seleção visitante não está disposta a deixar escapar esse troféu e jogaram com tranquilidade de poder perder por até 4 gols e ficaram no empate de 2 a 2.

Márcio Greyck levantou o troféu do intermunicipal pela sétima vez.

Após a partida, a diretoria da Federação Bahiana de Futebol realizou a cerimônia de premiação aos campeões e vice-campeões de 2017. O goleiro Márcio Greyck natural de Pé de Serra ergueu o troféu pela sétima vez na carreira. (2005 a 2008 pela seleção de Coité) 2009 por Serrinha, 2011 e 2012 por São Francisco do Conde, e agora por Eunápolis. Vale lembrar que depois de 2012 Greyck se profissionalizou e jogou alguns campeonatos, sendo seu primeiro clube o Jacuipense.

O troféu de campeão do Intermunicipal 2017 levou o nome do maior cantor de Reggae do Brasil, o baiano Edson Gomes.

Já o troféu de vice-campeão levou o nome de Alberto Pereira de Souza. Bertinho, como é conhecido, é uma importante personalidade do Município de Maragojipe/Ba.

Este foi o terceiro troféu de vice recebido por Euclides da Cunha.