Aeroporto de Ilhéus foi privatizado

O Aeroporto Jorge Amado, considerado aeroposto de médio porte, com apenas 1.557 de pista em Ilhéus, Bahia, começou a ser administrado pela concessionária Socicam, deste o dia 3 de janeiro. A empresa vencedora da licitação assume a gestão do equipamento na região cacaueira após o período de, aproximadamente, um mês em fase de operação assistida. O secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcus Cavalcanti, fala sobre os serviços que serão feitos no primeiro ano de contrato. “A nova empresa responsável pela gestão do aeroporto vai realizar a ampliação do terminal de passageiros e do estacionamento de veículos e a implantação da área de segurança na cabeceira da pista (RESA)”.

Considerado um dos mais importantes do Sul do Estado, destacando-se por atrair turistas e negócios para o território baiano, o equipamento opera com voos regulares e recebe uma média de 700 mil passageiros por ano. O investimento previsto para a execução de serviços é de R$ 100 milhões ao longo do período de 30 anos de contrato, sendo 30 milhões de reais nos primeiros cinco anos.

“O terminal aeroportuário é um vetor de desenvolvimento econômico do sul do Estado, principalmente na atração de turistas e negócios. Para dar mais comodidade aos usuários, melhorias estruturais e de operação foram feitas pelo Estado. Além disso, outras providências operacionais serão tomadas para requalificar o local”, destaca o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Crescimento

A movimentação no Aeroporto Jorge Amado cresceu 50% em dezembro de 2018 em comparação ao mesmo período do ano anterior, tendo passado cerca de 53 mil pessoas. Considerado um dos mais importantes do Sul da Bahia, o equipamento foi delegado pela Secretaria Nacional de Aviação Civil à Secretaria de Infraestrutura da Bahia (SEINFRA), em 2017. A partir daí, uma licitação foi aberta para decidir a empresa que viria a ser a responsável pela sua operação do equipamento. Desde então, o aeroporto vem passando por serviços de melhorias em sua estrutura, incluindo obras de requalificação, pintura e ampliação na frequência para pousos e decolagens.

O crescimento também foi de 50% em relação ao número de frequência de voos no equipamento no Sul do estado, que opera com aviação regular. Em dezembro do ano passado, foram 210 voos que passaram pelo Aeroporto Jorge Amado. No mesmo período de 2017, a quantidade foi de 140.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.