fbpx

A Globo tenta lacrar mas, toma várias invertidas de Bolsonaro.

 

O Presidente da República tem sido diariamente um alvo da mídia e de jornalistas com amarras ideológicas inclinadas à esquerda, que dia após dia esquecem-se da notícia e preocupam-se diretamente com o lacre.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) esteve na noite desta segunda-feira (22) no Jornal Nacional, da TV Globo, onde foi entrevistado pelos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcelos por 40 minutos. O JN receberá ao longo dessa outros candidatos.

Assistir a entrevista já no final, estavam comemorando o meu aniversário com familiares, eu não assistia a Globo faz algum tempo, me irritou novamente em ver o nível de jornalismo sem ética, os entrevistadores pareciam que estavam em um tribunal, como advogados de acusação, como se o Bolsonaro estivesse sentado a um banco de réus, mas o pior, a cada resposta do Bolsonaro, eles interrompiam para sustentar as teses mentirosas, atropelando a liberdade de expressão do entrevistado.

No questionário das perguntas já se esperava o seu conteúdo, pois, a emissora “Globolixo” já vem criticando o Bolsonaro por algum tempo e omitido a outra versão da notícia, sem dar o direito de respostas, ou seja o outro lado da moeda.

Culpa pela Pandemia, os esquerdas chama de “Genocida”. A Verdade que no inicio da Pandemia não existia a vacina e Bolsonaro sugeriu um tratamento inicial com os médicos. Questionou da Pfizer e seu contrato “draconiano” mas agiu rápido e foi um dos primeiros países a vacinar a população, e, para combater o “Fique em Casa” distribuiu o Auxilio Emergencial a milhões de Brasileiros, uma operação extraordinária da Caixa Econômica Federal, evitando assim saques aos supermercados e a economia permaneceu estável.

Urnas Eletrônicas – O Bonner em um tom autoritário “O senhor aceita o Resultados das Urnas eletrônicas” ele respondeu “aceito se a apuração for feita com transparência e fiscalização”. Ora, não é só Bolsonaro que está em dúvida, mas milhões de Brasileiros NÃO CONFIAM NO PROCESSO ELEITORAL BRASILEIRO, com a utilização destas URNAS ELETRONICAS, e a forma como está sendo feita (apuração secreta).

A outra dúvida é que o próprio STF que condenou o Lula de corrupção e roubo dos cofres públicos. E no ano passado numa ação monocrática e espetaculosa do Fachin descondensou o Lula para participar das eleições.

Acusaram das queimadas na floresta da Amazônia – Este fato já se vem batendo na tecla de muitos governos, e sempre vem sendo motivos de culpar o Governo. Bolsonaro respondeu que a floresta Amazônia tem uma área enorme que a fiscalização não consegue cobrir tudo, mas,  que tem desenvolvido ações com a participação do exercito Brasileiro e o IBAMA. Bolsonaro foi contra a destruição das máquinas (tratores) da mineração ilegal, ele reforçou que como tiveram o trabalho de levar ao local poderiam recolher e confiscar para o governo para depois ser leiloado.

Enfim, os questionamentos foram as mesmas acusações com a qual estamos acostumados a ouvir da esquerda, como se fossem os donos de uma única verdade, ou seja sem respeito a opinião e a liberdade de expressão de qualquer pessoa que pense diferente do sistema corrupto.

O que a imprensa que contrata os institutos de pesquisas não sabe, é que milhões de brasileiro se identificam com a maneira de pensar e agir de Bolsonaro. O povo está cansado do sistema corrupto.

Mário Silva.