10º Encontro de Muares reúne criadores e animais de vários estados do Brasil

Muares e criadores de vários estados do Brasil participaram neste fim de semana do 10º Encontro de Muares em Feira de Santana. Ontem (23), houve uma concentração no Parque de Exposições João Martins da Silva, onde aconteceram leilões, shows e venda de animais e nesse domingo (24) aconteceu um desfile de montaria na Avenida Maria Quitéria

Carlos Alberto Ferreira de Souza, conhecido como Carlô, organizador do evento, contou que este ano cerca de 500 animais estiveram presentes no encontro. Segundo ele, o evento começou como uma brincadeira de amigos e hoje reúne pessoas e animais de todo Brasil. Tem ainda um cunho beneficente e este ano uma parte da arrecadação do encontro irá ajudar crianças em tratamento de câncer do Hospital da Criança.

Os muares, animais de grande importância na história do Brasil, nunca poderão ser esquecidos. Graças ao trabalho de burros e mulas, o Brasil cresceu, evoluiu e se desenvolveu. Sobre o lombo dos resistentes burros e mulas, foram transportados alimentos, mercadorias diversas e, até mesmo, armas e munições. sua utilização foi extendida para o preparo do solo e a lida com o gado.

E não para por aí, os muares trabalharam arduamente no transporte das maiores riquesas do Brasil colonial que foram o ouro das minas, o açúcar dos engenhos e o café das fazendas. Posteriormente, Os muares, mulas e burros, são animais híbridos resultantes do cruzamento de um jumento com uma égua, ou de um cavalo com uma jumenta. A mula é o indivíduo fêmea, resultante do cruzamento de um jumento com uma égua. O macho, resultante desse cruzamento, é chamado burro. Ambos pertencem à espécie denominada muar. O cruzamento das mesmas espécies genitoras, porém invertidos os sexos (portanto, cavalo x jumenta), dá origem a um animal diferente, o bardoto. Em algumas regiões do Brasil, os muares recebem, ainda, nomes diferentes e mulo, mu, besta, burro, macho, jerico,